Isabel Allegro de Magalhães

conf_002

Isabel Allegro de Magalhães

Isabel Allegro de Magalhães é Professora Catedrática de Literatura Comparada (FCSH-Universidade Nova de Lisboa), estando aposentada desde 2008.

Foi Professora convidada em diversas universidades estrangeiras na Europa e nos EUA. Tem cerca de 100 ensaios e artigos publicados em sete línguas nas suas áreas de trabalho, e é autora de nove livros, entre os quais se destacam Para lá das Religiões: Ensaios sobre Religiões e Culturas, Ética, Espiritualidades e Política (2011), Capelas Imperfeitas (2002), O Sexo dos Textos (1995) e O Tempo das Mulheres (2002).

É também autora da História e Antologia da Literatura Portuguesa (da Idade Média ao Século XVIII – 4 volumes), publicada pela Fundação Calouste Gukbenkian (2007-2013). É participante do GRAAL desde 1960. Da sua intervenção cívica e sócio-cultural, destaque-se o seu trabalho como: Coordenadora e autora, com Manuela Silva, da iniciativa de cidadãos “Manifesto: O nosso Presente e o nosso Futuro: algumas questões prementes” (2009); Co-Presidente, com Mário Ruivo, do MPPM (Movimento pelos Direitos do Povo Palestino e a Paz no Médio-Oriente – 2006-2010); Membro do Tribunal de Opinião, para avaliação do seguimento das decisões da Cimeira Europa África e Fórum da Sociedade Civil, org. Plataforma das ONGD (2010. Foi distinguida com o Prémio Jacinto Prado Coelho, da Associação Internacional de Críticos Literários.